Sonho?

O desespero seria pior que o desapego? porque tentar querer tanto?
onde eu posso encontrar um espelho para eu me enforcar?
Quero o fim de todas as coisas, minhas coisas sem o fim
Não quero, só espero, e de tanto querer, firo e perco
Quem diria, que eu sou meu pior inimigo? Eu.
Oras, quanto mais perto, mais fácil de se cortar e retalhar.
Mas o sadismo e a crueldade são requintados, longe de ser
Um verdadeiro artista, mas um capricho e esmero na escolha
Das cores, que matam o coração e turvam a visão.
O melhor do pior, é que eu espremo o sangue e o que
Chamo de sentimento em teclas ou grafites, e creio estar
Botando parte de minha essência no papel ou numa tela.
Mas não, mortos não falam, não caminham, e não sentem.
E meu coração já foi enterrado varias vezes.Mas bem
A vida após a morte é discussão ainda, então quem sabe
Meu coração, de tanto morrer, aprenda algo nessas idas e vindas
Desse mundo onírico e lúcido que é um sono sem sonhos...
Anúncios