Resident Evil, Caliban Cove

Deve ter sido o primeiro livro do S.D. Perry que eu li, anes eu só sabia dos jogos e os achava geniais. Afinal, quem não conhece alguem que joga/jogou Resident Evil?E quem não viu o filme? ( que merece um post extremamente crítico a parte xD ).

Certo, este livro ocorre durante os eventos do RE 2, se não me engano, os S.T.A.RS se reúnem, montam um esquema para uma missão no Maine, se separam e vão. Talvez o fato de aparecerem mais personagens que no jogo, ou o fato da minha imaginação ser menos limitada que os pixels, que eu achei esse livro ótimo, mas ele que me instigou a ler mais por um tempinho.

Caliban Cove é o nome da ilha, onde experimentos com um vírus diferente é feito, temos novos tipos de zumbis, os “M-16”, que  carregam armas e são suscetíveis a ordens, e outra criatura que não me lembro direito o nome, mas assemelhava-se a um lagarto, num “shape” de grifo, algo assim.

É uma história de tirar o fôlego, a invasão da ilha, o caminho percorrido até o farol, única instalação com algum movimento constatado, os embates com os M-16, e um cientista louco.

A personagem principal é Rebecca Chambers, especialista em bioquímica da equipe, e também enfermeira de plantão, ela se ve em sua primeira missão sem seus companheiros do Bravo Team, o que a deixa nervosa , mas não hesitante, ela se sai muito bem para a idade e função dela.

Todo o livro fala um pouco do drama pessoal dos personagens em relação a atual situação, é quase como se você estivesse na mesma encrenca que ele, o que torna o livro mais interessante, alem das ‘cenas’ de ação e dos monstros.

Enfim, recomendo fortemente a leitura desse para aqueles que querem se aprofundar mais no mundo de Resident Evil, o mundo de S.D. Perry, que nos privou de algumas madrugadas sem sono pensando em zumbis e  no Nêmesis xD.

Anúncios